.
.

Igreja de Palitos de Fósforos


Há alguns anos, em visita para uma pesquisa na biblioteca do Seminário Arquidiocesano de São José, localizado no Rio de Janeiro, deparei-me com esta interessante igrejinha, confeccionada com uma quantidade incalculável de palitos de fósforos, tendo aproximadamente 1 metro de altura — das torres à escadaria — e 80 cm de comprimento.



Fui novamente ao seminário meses atrás, em busca de mais informações sobre este trabalho de autor desconhecido e de provável origem européia, mas sabe-se apenas que foi doada por Dom Augusto Zini Filho em 1995, quando então reitor da instituição. Atualmente, a igrejinha encontra-se exposta no refeitório dos padres.

Agradecimentos à bibliotecária Heloísa Souto e ao Sem. Núbio Montenegro, que me atenderam prontamente na visita ao seminário.

3 comentários:

Helô disse...

Oi Aline, ficou ótimo o post sobre a Igreja. Parabenizo pela iniciativa de divulgar trabalhos artesanais na web. Quando precisar, é só entrar em contato. Beijo, Heloisa

Anônimo disse...

Hoje assistindo a globonews tive o prazer de ver tal arte do artista polonês.
Um espetáculo.
http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1241278-7823-ARTESAO+POLONES+ESCULPE+CATEDRAIS+COM+PALITOS+DE+FOSFORO,00.html

Alantagmar disse...

Eu também fui bibliotecário no SASJ (na verdade Heloísa Souto era minha estagiária na época. Beijos Heloísa!). Numa conversa de corredor com um dos funcionários da manutenção, soube que essa igreja na verdade tinha sido feita por presidiários e doado, mas não sei se isso confere.

Related Posts with Thumbnails

Postagens populares: